Google Analytics

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

Passado e Presente

Passado
No Brasil, de acordo com Peliano (2001), os anos 90 foram decisivos no processo de consolidação das ações voluntárias, representando, também, um grande avanço para as organizações do Terceiro Setor. O início dessa década foi marcado pela confluência de vários processos: a abertura da economia, privatização das empresas estatais, crise política e econômica, fortalecimento da sociedade civil, maior envolvimento das ONGs e busca de melhoria na qualidade dos processos de gestão das empresas nacionais – acompanhados de mudanças no mercado de trabalho, redução na capacidade de atuação do Estado e crescente envolvimento das empresas privadas em ações sociais. “É dessa época a criação do Movimento pela Ética na Política, que se notabilizou na luta pelo impeachment do ex-presidente Collor, desdobrando-se na campanha da Ação da Cidadania contra a Fome, a Miséria e pela Vida (1).”

Presente
Voluntário Brasil

Um em cada quatro brasileiros faz ou já fez trabalho voluntário, 39 anos é a idade média, 53% são mulheres. A maioria pertence à classe C (43%), seguida pela classe A (40%) e pelas classes DE (17%).

Dentre os voluntários, 38% têm Ensino Médio completo ou Superior incompleto e outros 20% têm Ensino Superior completo.

Em média, os voluntários dedicam 4,6 horas ao serviço e 87% declararam que estão totalmente motivados em continuar a exercer o trabalho voluntário.

A pesquisa revela que são conectados. Do total, 87% têm celular, 64% computador, 62% usam a internet e 53% as redes sociais.

Fontes: (1) PELIANO, Ana Maria T. Medeiros (coord.). Bondade ou interesse? Como e por que as empresas atuam na área social. Brasília: IPEA, 2001.
(2) Pesquisa realizada pela Rede Brasil Voluntário e Ibope Inteligência - http://www.slideshare.net/RedeBrasilVoluntario/voluntariado-no-brasil-ibope

Nenhum comentário:

Postar um comentário