Google Analytics

terça-feira, 13 de março de 2012

Saiba mais

Conclusões parciais: "O brincar como atividade terapêutica nos tratamentos psiquiátricos de crianças e adolescentes"

Mães que tiveram experiências de brincar com seus filhos quando bebês, ou muito pequenos, são as mesmas que relatam experiências relacionadas às conquistas afetivas. Estas mães rolam no tapete, viram cambalhota, dão gargalhadas, escorregam, sentam no chão, pintam e bordam, segundo uma delas. Estas mães que brincam são as que parecem mais próximas do mundo de seus filhos e para quem brincar é um ato de amor.


Fonte: http://www.vivaedeixeviver.org.br/media/arquivos/pesquisas/obrincarcomoatividadeterapeutica.pdf  

Evento: V Workshop “A descoberta do brincar e contar histórias na saúde mental”

A Associação Viva e Deixe Viver, por meio do “Centro de Contação de Histórias”, e em parceria com o Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas de São Paulo, realiza há cinco anos evento que oferece aos participantes a melhoria do bem estar na relação entre pacientes, profissioanis da saúde e educação  e familias, diversas oficinas, palestras e minicursos sobre como as atividades lúdicas vem transformando a saúde Brasileira. O evento acontecerá nos 25 e 26 de Maio de 2012, no Anfiteatro do Instituto de Psiquiatria - Hospital das Clínicas - Rua Dr. Ovídio Pires de Campos 785 - São Paulo – SP

Inscrições no site: www.vivaedeixeviver.org.br
Informações: (11) 3081-6343

Um comentário:

  1. Estarei lá, mais uma vez! Que chegue logo...por enquanto vou me deliciando (e aprendendo) nos encontros do Processo Seletivo...inté o dia 24/03!

    ResponderExcluir